Teixeira Duarte: Prejuízo, menos atividade e menos trabalhadores

0

Os negócios na América Latina parecem não ser suficientes para afastar a Teixeira Duarte de um ciclo de perdas. A construtora portuguesa fechou as contas com resultados líquidos negativos de 35,8 milhões de euros no primeiro semestre, justificados com imparidades com o BCP, diferenças cambiais e a redução da atividade.

A Teixeira Duarte revelou, através de comunicado, uma quebra de 16,7% no seu volume de negócios ao longo do primeiro semestre, para 570 milhões de euros.

Isto porque …

Diferenças cambiais – que em junho de 2016 foram negativas no valor de 23.723 milhares de euros, enquanto que no período homólogo de 2015 haviam sido positivas em 19.136 milhares de euros”.

BCP – onde a posição que a Teixeira Duarte tem acabou por ter “um impacto negativo, líquido de impostos diferidos, no montante de 14.810 milhares de euros, por imparidade na participação no ‘Banco Comercial Português, S.A.’ registada nos primeiros seis meses de 2016”.

Construção quebra com mercados tradicionais – devido aos contextos económicos atualmente mais adversos”, como a Venezuela, Argélia e Brasil

E os trabalhadores?

O número médio de trabalhadores sofreu, também, uma significativa redução. Nos primeiros seis meses do ano, a Teixeira Duarte reduziu a sua força de trabalho em cerca de 11,8%. A empresa explica este cenário com a redução da sua atividade.

Fonte: Negócios e Dinheiro Vivo (adaptado) | Fonte: Económico (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply