Soares da Costa: Quem te viu e quem te vê

0

Quase cem anos de história. José Soares da Costa foi o responsável pelo nascimento de uma das maiores empresas de construção civil portuguesas. Do Porto para o mundo. Foi assim o percurso da empresa que agora (há meses), não paga salários.

Crise, Crise, Crise, Crise. Uma palavra que acompanha o país e também o setor da construção. A empresa parecia lidar bem com esta situação. Mas a crise em Angola não estava nos planos. O El Dorado acabou e os salários em dia também.

E agora Soares da Costa? Quem te viu e quem te vê

Sempre a crescer. Obrigado América, África e Comunidade Europeia. Mas tudo tem um fim e 2011 terá sido o princípio. Vários ajustamentos têm sido feitos, não só em termos da estrutura de acionistas, mas também na diversificação geográfica.

O PER e a carteira de clientes que “não é muito confortável”

A operação no Brasil foi encerrada, processo que gerou perdas consideráveis. Nos últimos meses, a Soares da Costa ganhou contratos em Portugal (50 milhões de euros), em Moçambique (40 milhões) e Angola (110 milhões).

É precisamente de África que vêm os principais problemas. Existem trabalhadores que se encontram numa situação de 8 meses de salários em atraso.

O conselho de administração da Soares da Costa avançou entretanto com um pedido de Processo Especial de Revitalização (PER) no Tribunal do Comércio de Gaia. O objetivo ? Regularizar a situação de dívida na “totalidade dos salários que se encontram em atraso. Nós esperamos que entre esta semana e a próxima, o mais tardar, essa situação fique completamente regularizada”.

Fonte: Notícias ao Minuto e Expresso | Foto (imagem): Público

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply