Sindicato ameaça com “a maior greve de sempre do setor”

0

Uma das maiores greves de sempre do setor, avisou o Presidente do Sindicato da Construção de Portugal, Albano Ribeiro, numa conferência de imprensa marcada pela indignação do sindicalista para com a diferença salarial entre os operários qualificados e não qualificados, cifrada em 15 euros.

Albano Ribeiro explica que não é compreensível a pequena diferença salarial entre os operários qualificados e não qualificados (passou de 70 euros para 15),motivada pelo aumento do salário mínimo nacional, tendo por isso solicitado uma reunião de caráter urgente com os presidentes das associações patronais do setor da construção.

A gravidade da situação leva o presidente do sindicato a antever a maior greve nacional do setor, uma vez que o capital humano é o motor da atividade das empresas.

O sindicato promete continuar a acompanhar a situação de perto, dando total apoio a estes operários.

Fonte: Porto Canal

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply