Sindicato aconselha suspensão de contrato a trabalhadores da Soares da Costa

0

A relação entre o Sindicato da Construção de Portugal e a construtora Soares da Costa continua tensa, depois do presidente do sindicato, Albano Ribeiro, ter aconselhado os trabalhadores da construtora com salários em atraso a suspenderem o contrato de trabalho.

O sindicalista organizou um périplo pelas várias obras da construtora Soares da Costa, no Porto, para aconselhar os trabalhadores com salários em atraso a suspenderem o contrato de trabalho -“Vamos aconselhar os trabalhadores a suspenderem os contratos, que pelo menos assim recebem 70 por cento do salário, pagos pela Segurança Social” – referiu Albano Ribeiro á agência Lusa.

A posição e o discurso do Sindicato parecem manter-se inalteráveis, após o anúncio dos executivos da Soares da Costa indicando a apresentação de queixas-crime contra Albano Ribeiro por alegada “difamação e calúnia”.

Em declarações à Lusa, Albano Ribeiro voltou a acusar a Soares da Costa de ter assumido perante um outro elemento do sindicato numa reunião de ter “oito milhões de euros no Deutsche Bank”, o que, segundo o presidente do sindicato, “dava para pagar os salários todos em Angola e em Portugal”.

“Não sei se esse dinheiro ainda está no Deutsche Bank ou não, tem de provar”, frisou.

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply