Reabilitação impulsiona a portuguesa Melom

0

Quer a Melom, quer a Querido Mudei a Casa Obras, apresentaram uma faturação crescente, de cerca de 61% no ano de 2015 graças a obras de reabilitação.

A Melom, dedicada a obras de reabilitação, viu duplicar o valor médio por obra para 5.500 euros. Já na Querido Mudei a Casa Obras, dedicada a pequenas obras e reparações domésticas, esse valor ficou-se pelos 2.500 euros.

Se o país fosse dividido ao meio, a metade sul representaria 70% da faturação da Melom. Metade das intervenções teve um carácter geral, com renovações na totalidade das casas.

“Estes resultados vão ao encontro do eixo estratégico definido para as marcas sob nossa gestão com posicionamentos distintos, pelo que 2015 representa um ano de validação de conceito e estratégia”, sublinhou o diretor-geral João Carvalho.

Fonte: negócios.pt

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply