Portas avisa empresas “Quem é mais flexível joga melhor e ganha mais “

0

Paulo Portas, ex-líder do CDS e atual conselheiro da construtora Mota-Engil, alertou para a necessidade das empresas portuguesas apostarem na internacionalização “a chave e a receita para o sucesso” , vincando a ideia que as oportunidades do mercado interno não oferecem garantias de crescimento.

Durante o discurso no fórum anual da indústria têxtil, em Famalicão, o conselheiro da Mota-Engil referiu que as empresas devem saber jogar de acordo com as leis de jogo desta economia aberta.

Esta é, aliás, a realidade atual do setor da construção. O ex-vice primeiro ministro, adotou uma abordagem mais genérica do comportamento do Estado e das empresas na economia.  Paulo Portas advertiu o atual Governo, para a necessidade de evitar decisões de cariz ideológico, referindo que tal poderia prejudicar a competitividade das empresas e da economia portuguesa.

Fonte: Jornal de Negócios (adaptado) 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply