Petição “Vamos Salvar o Jamor. Betão Aqui, Não!” tenta impedir construção de marina

0

Está em andamento uma campanha de angariação de fundos, que procura impedir o projeto Ponto Cruz, que prevê a construção de uma marina, com oito edifícios (cinco deles com 20 andares) no Vale do Jamor, muito próximo da praia da Cruz Quebrada.

Esta campanha é conduzida pela ASVJ, Associação Vamos Todos Salvar o Jamor, que “ tem estado presente em feiras e eventos, mas não presenças que exigem muito tempo e dão pouca visibilidade. Decidimos avançar para algo que possa dar mais visibilidade. E foi por isso que lançámos a campanha de crowfunding” explica Cristina Grosso, membro da direção da associação.

A ASVJ acredita que o projeto do Grupo SIL, que foi aprovado em Plano de Pormenor pela Câmara Municipal de Oeiras, irá colocar em risco um dos últimos espaços verdes do concelho. A associação argumenta ainda que a obra irá ser realizada num tipo de solo habitualmente sujeito a cheias.

Cristina Grosso acusa ainda o projeto Ponto Cruz de não respeitar “o que foi projetado para o Vale do Jamor no que toca às limitações de construções de betão e à preservação dos espaços verdes, em que se incluem uma ciclovia e espaços desportivos. Além da desvalorização das casas, há também uma perda da qualidade de vida”.

A ação de crowdfunding, procura reunir fundos que permitam o pagamento dos custos judiciais. Atualmente metade do valor pretendido pela ASVJ já foi alcançado.

Fonte: Exame Informática

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply