Odebrecht ganha construção de ligação à maior barragem angolana por 730 milhões

0

A construtora brasileira Odebrecht foi selecionada para a construção do sistema de transporte e ligação de eletricidade no Aproveitamento Hidroeléctico de Laúca (aproximadamente a 250 km de distância da capital Luanda).

O contrato para a construção daquela que a partir de 2017 será a maior barragem angolana, atribui à Odebrecht a gestão do projeto executivo, fornecimento, construção e colocação em serviço do sistema de transporte de energia associado à barragem de Laúca, a troco de 730 milhões de euros.

Nesta obra gigantesca estão envolvidos 7.100 trabalhadores, sendo que 275 são portugueses (26 são contratados diretamente pela Oderbecht, enquanto que 249 resultam do serviço de empresas portuguesas subcontratadas como a Teixeira Duarte, Epos, Tecnasol e Ibergru).

Este projeto foi encomendado pelo Estado Angolano, prevendo um gasto de 3,9 milhões de euros (aproximadamente), envolvendo uma linha de financiamento oriunda do Brasil, com o objetivo de servir perto de 5 milhões de pessoas.

Atualmente a obra encontra-se ainda a meio caminho, tendo já sido gasto, só em betão, o equivalente a 40 estádios de futebol, assegura a construtora brasileira.

Fonte: Oje

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply