Odebrecht com indemnização milionária. Empresa contesta

0

Aproximadamente 1,8 mil milhões de euros, é este o valor da indemnização que o Ministério Público brasileiro pediu à construtora Odebrecht e aos seus gestores, no seguimento do caso Lava Jato.

Marcelo Odebrecht já foi condenado a 19 anos de prisão, estando também envolvido no rol de pedidos de indemnização, juntamente com outros executivos da empresa.

O Ministério Público, segundo os jornais brasileiros, proíbe ainda os envolvidos, nomeadamente as empresas, de terem contratos públicos ou receberem incentivos ou benefícios fiscais.

A Globo descreve os montantes em causa: o Ministério Público Federal pede que o erário público seja ressarcido em 520,59 milhões de reais (130 milhões de euros) pelos subornos pagos nos contratos e é ainda aplicada uma indemnização de 1,5 mil milhões de reais (375 milhões de euros), a que acresce o pagamento de 5,2 mil milhões de reais (1,3 mil milhões de euros) por danos morais coletivos.

Em comunicado, a Odebrecht diz ter sido surpreendida pela notícia. “Na qualidade de grupo multinacional com mais de 128 mil empregados e socialmente responsável direta e indiretamente por mais de 500 mil pessoas nos 28 países em que actua, a Odebrecht considera inconsistente a propositura, de antemão, de valores de ressarcimento bilionários, mais de 70% dos quais referentes a ‘dano moral coletivo’ supostamente devido à Petrobras, e, ao mesmo tempo, a defesa de realização de perícia técnica para apurar os factos que alega”, declarou no comunicado, citado pela Globo. Segundo a Odebrecht, nunca os contratos foram celebrados com a Petrobras.

Fonte: Jornal de Negócios

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply