Trabalhos no novo centro de saúde de Abrantes: ACT decreta suspensão parcial, previsão de conclusão mantém-se em setembro

0

Os trabalhos de construção do centro de saúde de Abrantes foram parcialmente suspensos na sequência do acidente que a 17 de agosto ali vitimou dois trabalhadores, atingidos por uma placa de betão. A suspensão parcial da obra manter-se-á até que a empresa de construção encarregada cumpra algumas medidas determinadas pela Autoridade para as Condições do Trabalho, mas a data prevista de conclusão da obra continua a manter-se no mês de setembro.

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) informou que os trabalhos de construção do novo Centro de Saúde de Abrantes, durante os quais morreram dois trabalhadores no dia 17 de agosto, estão suspensos por tempo indeterminado no local do acidente.

Contactada pela Lusa, fonte da ACT explicou que os trabalhos nesta zona “vão continuar suspensos até a empresa cumprir com um conjunto de medidas determinadas pela ACT” (embora a construção se mantenha noutras partes da obra) e acrescentou que “o inquérito está a decorrer em segredo de justiça”.

Ao final da tarde de segunda-feira, 17 de agosto, a queda de uma placa de betão de revestimento da fachada do edifício do novo Centro de Saúde de Abrantes, com um peso de cerca de duas toneladas, provocou a morte por esmagamento a dois trabalhadores, de 35 e 49 anos.

O novo equipamento, que está a ser construído na Rua Nossa Senhora da Conceição, no centro da cidade, conta com três pisos e está em fase final de construção.

Em declarações à Lusa, o vice-presidente da Câmara Municipal de Abrantes, João Caseiro Gomes, disse que as obras estiveram paradas durante dois dias, na terça-feira e na quarta-feira seguintes, “por luto para com os trabalhadores falecidos”, e referiu que foram reiniciadas parcialmente na quinta-feira, 20 de agosto.

“As obras foram retomadas, à exceção do revestimento da parte exterior do edifício a betão branco, onde decorreu o acidente”, disse João Gomes, destacando que “todos os outros trabalhos de conclusão da empreitada estão a decorrer, ao nível de acabamentos internos, rede elétrica, pavimentos e pintura”.

Segundo o autarca, a suspensão de parte dos trabalhos “não deverá afetar em muito a conclusão das obras”. O mês de setembro é apontado como data prevista de conclusão da empreitada. O novo equipamento que está a ser construído em Abrantes vai substituir o centro de saúde instalado no edifício do hospital Manuel Constâncio.

Sindicato pede apuramento de responsabilidades

Em nota enviada à agência Lusa, o Sindicato dos Trabalhadores da Cerâmica e Construção do Sul afirmou, por sua vez, “querer ver apuradas as causas pela morte dos dois operários” na obra em Abrantes, afirmando que “a segurança dos trabalhadores está a ser negligenciada”.

Segundo o mesmo sindicato, “até ao mês de agosto já morreram 18 trabalhadores da construção em acidentes de trabalho”.

Fonte: O Mirante | Fonte (imagem): Freeimages.com / Burcin Tuncer

Vigie a atividade das suas máquinas nas diferentes obras com a localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply