Nações Unidas preparam o nascimento da primeira cidade inteligente na Arménia

0

Goris, na Arménia, foi a escolhida pela United Nations Economic Commission for Europe (UNECE) para ser a primeira “cidade inteligente”. A bela localidade, situada na província de Syunik, assumirá o papel de modelo, aplicando e adotando práticas e ações defensoras de um desenvolvimento sustentável. A iniciativa foi criada no âmbito do programa “United Smart Cities”.

A cidade de Goris, na Arménia, vai servir de piloto para a implementação do conceito de “cidade inteligente” na região. A United Nations Economic Commission for Europe (UNECE) é a responsável por levar a cabo esta iniciativa, tornando Goris numa cidade modelo na aplicação de iniciativas em prol da sustentabilidade.

Ao abrigo do seu projeto “United Smart Cities”, que promove o desenvolvimento urbano sustentável, a UNECE procura promover cidades capazes de “garantir habitações saudáveis e acessíveis e capazes de reduzir a sua utilização energética e emissão de poluentes”. Ao mesmo tempo, destaca a organização, devem apoiar “um povoamento ‘verde’, inclusivo, saudável, compacto, inteligente e resiliente”, promovendo o investimento em diferentes setores e “gerindo de forma eficiente os recursos financeiros”.

Uma “cidade inteligente”, segundo a UNECE, é aquela que apresenta uma abordagem integrada ao nível do planeamento urbano e dos edifícios, ao passo que também aposta na acessibilidade no campo dos transportes públicos, na qualidade do ar e da água e, ainda, numa gestão eficiente de resíduos.

A eficiência de uma cidade deve ser promovida através do “uso de tecnologias inovadoras em diferentes setores” e, em paralelo, “encorajando a colaboração entre stakeholders do setor público e privadomeio académico, organizações não-governamentais, entidades reguladoras, autoridades e cidadãos”, evidencia a organização.

De salientar que o “United Smart Cities” foi criado com vista a capacitar as autoridades nacionais e locais, das cidades selecionadas neste projeto, para o desenvolvimento de políticas que beneficiem um desenvolvimento urbano sustentável. Neste sentido, a transferência de conhecimentos, as boas práticas e a troca de experiências entre cidades mais avançadas e cidades em fase de desenvolvimento são encaradas como fulcrais nesta iniciativa.

Fonte: Smart Cities | Fonte (imagem): Łukasz Bujonek/Wikipedia

Share.
Saiba mais sobre:   Sustentabilidade

Leave A Reply