Mota Engil – Lucros recuam mais de 50%

0

Os resultados da construtora Mota-Engil durante o primeiro trimestre deste ano foram divulgados e revelam uma quebra significativa face ao mesmo período do ano passado, de 53,7%. Apesar da baixa nos lucros nos três primeiros meses de 2015 a empresa portuguesa tem conseguido aumentar as vendas para países europeus e latino-americanos. Por mercados, o africano foi o que sofreu a maior queda, tendo em contrapartida as vendas crescido no velho continente e na América Latina.

A construtora Mota Engil fechou o primeiro trimestre com resultados líquidos de 3,4 milhões de euros, um recuo de 53,7% em relação ao mesmo período de 2014, quando os lucros tinham ficado em 7,33 milhões de euros.

De acordo com o comunicado enviado esta noite pela empresa à CMVM, as vendas em África recuaram quase 20%, ficando assim abaixo do valor registado em encomendas na Europa, invertendo a situação verificada no primeiro trimestre do ano passado.

Por mercados, o africano foi o que sofreu a maior queda, tendo em contrapartida as vendas crescido no velho continente e na América Latina – neste caso, 21,4%.

Esta evolução é atribuída pela empresa ao “ano de transição” que será 2015. No primeiro trimestre, quase dois terços do negócio da construtora vieram da Europa, depois de uma “inversão da tendência de redução de volume” nesta região do globo.

O valor total faturado ascendeu a 483 milhões de euros, ligeiramente abaixo dos 487,7 milhões alcançados um ano antes.

O EBITDA recuou 13,5% para 65,4 milhões de euros, a que se juntou no entanto uma melhoria dos resultados financeiros negativos, que ser reduziram em 27,9%.

Fonte: Diário Económico | Fonte (imagem): Mota-Engil

Em Portugal, em mais de 20 países europeus e noutros tantos pelo mundo, as soluções de localização da Inosat ajudam a proteger e rentabilizar as suas máquinas.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply