Mota-Engil: Contrato milionário para reparar pior estrada da América do Sul

0

O grupo de construção português Mota-Engil continua a dar cartas na América Latina, depois de ter ganho o projeto de repavimentação de uma estrada, apelidada como “a pior estrada na América do Sul”, no Paraguai.

A construtora portuguesa ganhou um contrato no valor de 390 milhões de euros no Paraguai, tendo como desafio a repavimentação da estrada de Transchaco, com cerca de 835 quilómetros.

O início do trabalho de reparação e melhoramento que agora está previsto é considerado pelo Ministério das Obras Públicas do Paraguai o mais importante contrato da sua história. O projeto prevê a reparação e ampliação da via, ao longo de 530 quilómetros de sua extensão. Os automobilistas que têm atualmente de utilizar esta estrada são repetidamente advertidos para não viajarem à noite e para levarem comida e água extra, no caso de ficarem imobilizados ao longo da via que é numa grande parte desabitada.

No Paraguai, mercado que esteve em estudo durante dois anos, a Mota-Engil assinou este ano um contrato com o Ministério de Obras Públicas para a conceção e construção do sistema de transporte público de passageiros  Asunción y San Lorenzo. Um projeto com um valor contratual de 45,6 milhões de euros e um prazo de execução de 22 meses e que marcou a entrada do grupo português no país, onde pretende continuar a avaliar projetos semelhantes.

Fonte: Jornal de Negócios (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply