México destrona Angola nos negócios da Mota-Engil

0

A revelação foi feita ontem pelo presidente da construtora Mota-Engil, António Mota, que falou do México como “o futuro do crescimento da empresa”, sendo que no presente este mercado já representa uma faturação de 500 milhões de euros.

António Mota falou da relação da construtora com o país da América Central como “um caso de sucesso”, muito graças ao facto de este país ter uma classe empresarial que nada fica a dever á “classe empresarial europeia”.

“Fizemos lá excelentes parcerias em várias áreas”, disse, garantindo que a Mota-Engil foi recebida no México “de portas abertas”, até porque este é um país “que gosta muito de investimento americano e espanhol, mas que vê com muito bons olhos outras origens de investimento”.

Assumindo o mercado mexicano como “o futuro do crescimento do grupo Mota-Engil”, António Mota disse que a construtora não é, “hoje, uma empresa portuguesa no México, mas uma empresa mexicana que tem acionistas portugueses”.

“Há inúmeras oportunidades no México e é bom que muitas empresas olhem para aquele mercado com o potencial que tem e que o façam muito rapidamente”, sustentou, sublinhando que o país “pode ser o ponto de partida para outras internacionalizações para a América Latina”.

Com o objetivo de “afirmar a Mota-Engil como uma empresa relevante nas suas áreas de atuação no México” foi constituída em 2012 a Mota-Engil México, empresa que atua em diversos estados deste país.

Fonte: Dinheiro Digital (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply