LafargeHolcim – já nasceu a maior cimenteira do mundo e emprega 115 mil trabalhadores

0

O regulador suíço aceitou a operação de fusão entre a Holcim e a Lafarge. A suíça Holcim lançou, na sua sequência, a oferta de troca de ações. Abre-se porta à empresa com mais de 115 mil trabalhadores em 90 países – a LafargeHolcim.

É o último passo para a criação da maior cimenteira do mundo. A Holcim lançou uma operação em que pretende deixar de ser concorrente da Lafarge e passar a fazer parte da mesma entidade.

“Na sequência da aprovação da Autorité des Marchés Financiers, a 28 de maio de 2015, a Holcim lança hoje a oferta pública de troca sobre todas as ações da Lafarge a um rácio de troca de nove ações da Holcim por 10 ações da Lafarge”, assinala o comunicado emitido esta segunda-feira, 1 de junho. A Holcim lançou a oferta pública de troca sobre ações da concorrente francesa: por cada 10 ações da Lafarge entregues, são oferecidas nove ações da Holcim. A Lafarge foi uma acionista de referência da portuguesa Cimpor.

Com a aceitação da oferta de troca, “os acionistas da Lafarge abrem caminho para a criação da LafargeHolcim”. De acordo com o comunicado publicado pelas duas cimenteiras, “o grupo combinado vai empregar cerca de 115 mil pessoas em 90 países, com uma venda líquida de cerca de 33 mil milhões de francos suíços”, o que corresponde a 32 mil milhões de euros. O grupo fala na criação “do mais avançado grupo da indústria de materiais de construção”.

Em março deste ano, após o risco de a fusão ser cancelada por desentendimentos sobre os rácios de troca, foram definidos os novos termos da operação, que avança agora após a aprovação do regulador helvético. A operação arrasta-se desde abril de 2014. A oferta deverá terminar em julho de 2015.

Na bolsa de Paris, as ações da Lafarge estão a somar 0,28% para 64,66 euros. A Holcim avança 0,13% para 74,25 francos suíços.

Por: Diogo Cavaleiro | Fonte: Jornal de Negócios

Conheça algumas soluções de localização ideais para as suas máquinas e disponíveis em mais de vinte países.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply