Índice de produção na construção com quebra homóloga inferior a 1% em março

0

No terceiro mês do ano o índice de produção na construção registou uma variação homóloga de -0,9%. Um valor que significa um declínio menos intenso face aos -2,6% de fevereiro, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). A produção na construção atenuou em março a tendência de queda ao recuar 0,9%, em termos homólogos, com os índices de emprego e de remunerações a caírem 2,5% e 2,8%, respetivamente.

O índice de produção na construção fixou-se em março em 56, a que corresponde uma variação homóloga negativa de 0,9%, o que compara com a queda de 2,6% registada em fevereiro, acrescenta o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A diminuição menos acentuada do índice agregado foi determinada pelos segmentos da construção de edifícios e engenharia civil, registando o primeiro uma descida de 1,4%, menor do que a de 2,6% em fevereiro, e o segundo uma queda de 0,3%, contra uma de 2,5% no mês anterior.

Em termos homólogos, os índices de emprego e de remunerações no setor da construção caíram 2,5% e 2,8%, respetivamente, acima das quedas de 2,1% e de 1,5% registadas em fevereiro.

Fonte: Notícias ao Minuto | Fonte (imagem): Gaf.arq/Wikipedia

Melhore a eficiência das máquinas nas suas obras com a tecnologia de localização.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply