Formação de técnicos para a construção civil é prioridade para o Governo Angolano

0

Mais formação técnica da mão-de-obra angolana do sector da construção civil, por uma maior “angolanização” desse sector, foi uma das ideias defendidas pela diretora do Gabinete Jurídico do Ministério da Construção, Ana Vumi.

Vumi, pretende dotar o sector de mais conhecimentos técnicos, através da criação de centros de formação profissional. O objetivo é esbater a diferenças entre as empresas internacionais do sector, face às empresas nacionais, assumindo cada vez mais o controlo do processo de modernização e industrialização do país, com ativos nacionais.

Nesse sentido pensa-se na inclusão de alterações legislativas que façam com que as operadoras estrangeiras incorporem formação “on job” de trabalhadores angolanos, durante a execução dos projetos de construção.

Esta notícia surge num momento em que vários portugueses a operar no sector da construção civil, alegam ter vários meses de salários em atraso, como consequência da instabilidade económica que vive o país, e das limitações impostas à saída de divisas.

Fonte: Jornal de Angola (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply