Cinco empresas da construção foram extintas pelo governo de Angola

0

Angola continua a viver tempos difíceis, em particular no setor da construção, já que o Governo angolano decidiu extinguir cinco empresas públicas ligadas ao setor.

Na origem desta decisão, está o facto de estas empresas estarem paralisadas “e sem capacidade de solverem os seus passivos para com os respetivos trabalhadores, credores e fornecedores diversos, banca e Estado”, sendo assim consideras pouco atrativas para a estratégia empresarial do governo.

Extintas estarão : Constroi – Empresa Construtora de Edifícios de Luanda; Manutécnica – Empresa de Manutenção Técnica; Geotécnica – Empresa de Sondagens e Fundações; Ecoseng – Empresa de Conservação de Obras de Engenharia e a Covan.

A liquidação total dever ser concluída no prazo máximo de dois anos, conforme previsto no decreto executivo conjunto.

Fonte: Económico (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply