China em África: Um domínio cada vez mais difícil de quebrar

0

O domínio do investimento proveniente da China em África, é cada vez mais difícil de ser ignorado. Os principais investidores (Portugal, Brasil, França e Estados Unidos) estão a ser sucessivamente ultrapassados por este país.

De acordo com a revista digital norte-americana, ChinaFile, Luanda recebeu mais de 10 mil milhões de euros. Este investimento destinou-se, sobretudo, às áreas dos transportes e a produção e abastecimento de energia.

O ressurgimento do país, após a guerra civil em 2002, foi uma janela de oportunidade para a entrada em cena da China, como principal parceiro de Angola.

O domínio do investimento proveniente da China em África, é cada vez mais difícil de ser ignorado. Os principais investidores (Portugal, Brasil, França e Estados Unidos) estão a ser sucessivamente ultrapassados por este país.

Angola é mesmo um dos melhores exemplos da presença chinesa no continente. Porquê?

O petróleo – A China é o principal importador de petróleo produzido no mundo e em Angola. Esta é uma matéria essencial para o desenvolvimento da economia do país que, diga-se, está em franco crescimento nos últimos anos.

Pequim terá ainda, segundo a ChinaFile, conseguido obter condições favoráveis para a exploração de minérios em Angola.

Infraestruturas – Estradas, Viadutos, Pontes ou Caminhos-de-ferro, são exemplos da presença da China em Angola. A maioria das obras resulta de investimento chinês, sendo que as obras são, muitas vezes, atribuídas a empresas chinesas.

A fatia do mercado que se destinava a Portugal e às empresas portuguesas já era pequena, agora é ainda mais. Este facto provocou uma marcha para a América Latina.

População Residente – Cerca de 1 milhão de chineses vivem no continente africano. Só em Angola vivem 250 mil chineses, o que faz de Angola o país com maior concentração de naturais da República Popular da China nesta região do globo.

Fonte: Euronews (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply