Bragaparques quer indemnização mais alta e vai recorrer

0

Em causa está o velho acordo de permuta de terrenos assinado entre a empresa gestora de parques de estacionamento,  Bragaparques, e a Câmara Municipal de Lisboa (CML).

A CML terá sido notificada a pagar uma indemnização de cerca de 128 milhões de euros, valor que a Bragaparques considera insuficiente, exigindo 350 milhões de euros.  Numa nota escrita reproduzida pelo Jornal de Negócios, a empresa justifica a sua posição neste processo ” Estamos a falar de danos elevados resultantes de actos da CML e de mais de dez anos em que a Bragaparques ficou desembolsada de mais de 120 milhões de euros, somente no que aos terrenos diz respeito (Parque Mayer e Feira Popular) e impedida de desenvolver a sua actividade empresarial e honrar os seus compromissos. Por tal razão, uma vez que consideramos o valor desajustado aos prejuízos que foram quantificados, item a item, iremos recorrer”

Persiste, por isso, um desacordo quanto à dimensão do prejuízo provocado à Bragaparques. Resta saber quanto tempo mais irá durar este impasse

Fonte: Jornal de Negócios (adaptado) | Fonte (imagem): Público

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Leave A Reply