Até Setembro registaram-se 102 acidentes de trabalho mortais

0

Os dados foram apresentados pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), dando conta que entre Janeiro e Setembro de 2016 foram registados 102 acidentes de trabalho mortais e 185 acidentes graves.

As vítimas eram, na sua maioria, homens que desempenhavam trabalhos não qualificados nos setores da construção civil e indústrias. Como referido, a maioria das vítimas era do sexo masculino (96), de nacionalidade portuguesa, e com idades compreendidas entre os 45 e 64 anos de idade.

De referir que em 2014 se registaram 135 acidentes mortais e em 2015 perderam a vida 142 pessoas no exercício das suas funções.

Fonte: Diário de Notícias

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply