Associações reúnem-se para evitar mais desemprego e falências no setor da construção

0

O aumento do número de falências e desempregados no setor da construção será alvo de discussão por parte da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN) e o Sindicato da Construção de Portugal.

A reunião prevista para esta terça-feira, tem como objetivo definir medidas que permitam travar a deterioração do setor bem como proceder a uma reflexão sobre o Orçamento de Estado de 2016.

Reis Campos, presidente da AICCOPN, e Albano Ribeiro, presidente do sindicato, esperam atingir soluções que possam ser apresentadas ao Governo e partidos políticos.

“Tendo por preocupação fundamental, alertar para a necessidade de assegurar a estabilidade necessária para preservar os mais de 600 mil trabalhadores e as cerca de 86 mil empresas que, depois de se terem ajustado, redimensionado e especializado, conseguiram sobreviver, esta reunião irá decorrer num momento que é crucial, para inverter um retrocesso que, se nada for feito, será inevitável”, garantem as organizações.

“Está em discussão a proposta de Orçamento do Estado para 2016, documento que é essencial para a definição da política económica e, neste momento, não dá qualquer resposta às necessidades do tecido empresarial”, acrescentam as associações.

Fonte: Construir (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply