Águas Públicas do Alentejo com 61 milhões para obras até final de 2018

0

A empresa Águas Públicas do Alentejo (AgdA) quer melhorar o sistema de abastecimento de água e tratamento de águas residuais em vários concelhos, estando disponível para investir perto de 61 milhões de euros em obras até ao final de 2018.

A empresa revelou através de comunicado à agência Lusa, o modo como será repartido o seu investimento. A AgdA deu conta que 44,1 milhões de euros destinam-se a obras para “melhoria da qualidade de água fornecida em zonas de abastecimento ainda com problemas”, como os concelhos de Almodôvar, Beja, Castro Verde, Mértola, Odemira, Ourique e Santiago do Cacém. Já os restantes 17 milhões de euros terão como destino a construção de seis Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

O investimento de 44,1 milhões de euros inclui um total de seis obras, que já foram candidatadas ao Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) para serem cofinanciadas por fundos comunitários, explica a AgdA.

A empresa sublinha que a sua aposta para os próximos anos é “sustentar o abastecimento público em origens de maior fiabilidade (albufeiras)” e haver na região Estações de Tratamento de Água (ETA) “mais robustas” e “com capacidade para responder eficazmente a alterações sazonais da qualidade da água”.

Já o investimento de 17 milhões de euros vai permitir a construção de ETAR em Beja, Grândola, S. Teotónio (Odemira), Montemor-o-Novo, Amareleja (Moura) e Senhora d`Aires (Viana do Alentejo).

As candidaturas das obras de construção das ETAR para serem cofinanciadas por fundos comunitários já foram aprovadas no âmbito do POSEUR.

Fonte: RTP Notícias (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras. 

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Nacional

Leave A Reply