A1V2 em projeto fabril na Argélia

0

A empresa de engenharia e arquitetura portuguesa, A1V2, está atualmente a trabalhar no projeto de construção de uma unidade fabril de metalomecânica na Argélia, com um custo total a rondar os 35 milhões de euros.

A propósito deste projeto, a empresa refere que “surge no âmbito da expansão e internacionalização da A1V2 e envolve a implementação de uma unidade fabril de metalomecânica pesada, processo de produção e galvanização a quente, situada a 100 quilómetros da capital da Argélia, Argel”, revelou através de comunicado.

A empresa esteve presente em várias fases de desenvolvimento do projeto “desde o loteamento, a arquitetura, todas as estruturas, incluindo as dos grandes edifícios metálicos, as redes e equipamentos de hidráulica, as redes de gás de soldadura, as redes e reservatórios de gás natural, entre outros”, adianta através do mesmo documento.

Este mercado (argelino), tem bastante potencial para a empresa. Segundo o sócio-gerente da A1V2, Luís Casaleiro, o mercado argelino é bastante atrativo no que respeita às estruturas metálicas, uma vez que apresenta índices muito promissores devido à necessidade de desenvolvimento do próprio país” declarou.

A sociedade alocou 40 técnicos ao projeto, com várias equipas em Portugal e Argélia e trabalhar em mais de 70 projetos. A unidade fabril em causa tem 100 mil metros quadrados e deverá empregar 550 pessoas.

Fonte: Jornal de Negócios (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply