A China está a afundar e a culpa é dos arranha-céus

0

Arranha-céus. Esta é a imagem de marca dos países desenvolvidos, ricos e modernos. Na China, estes edifícios estão simplesmente a afundar o país, devido ao excesso de pressão exercida no solo. As consequências podem ser gravíssimas.

Xangai um excelente, mau, exemplo

Uma das cidades mais populosas da China, Xangai. Esta cidade está repleta de arranha-céus. Esses edifícios de dimensões impressionantes, que albergam centros empresariais e financeiros. É nesta cidade que “mora” o maior arranha-céus da China, a Shangai Tower, que todos os anos se afunda cerca de 7 centímetros.

Os edifícios afundam-se, ficando mesmo abaixo do nível do mar. Esta situação expõe a cidade a diversos perigos como, por exemplo, o da inundação.

O aviso dos especialistas

Vários especialistas têm-se dedicado a estudar o impacto dos afundamentos na segurança dos edifícios e das cidades. Para Jiang Li, professor de Engenharia Civil na Universidade de Baltimore, existe o sério perigo de uma catástrofe natural “Se há um grande desastre, como um furacão, tsunami ou tempestade, os danos vão ser sérios”.

A mesma preocupação é partilhada por Jimmy Jiao, professor de Ciências da Terra da Universidade de Hong Kong, “Neste momento, a construção já foi tanta que as cidades estão sem esperança” e alerta para a razão dos afundamentos “A densidade de construção é alta e a maioria dos prédios estão sob solo macio. O peso das torres pressiona a terra”.

Fonte: Jornal de Notícias (adaptado)

Controle, em pormenor, a atividade das suas máquinas e pesados nas diferentes obras.

Roubo de combustível: quanto custa à sua empresa?

Dependendo da tipologia de veículo e da respectiva capacidade dos depósitos, um único roubo de combustível pode representar para a empresa um prejuízo que pode ir desde algumas dezenas de euros até…
Leer Mais »

Share.
Saiba mais sobre:   Internacional

Leave A Reply